Cabeção de Nego

Que tal um copinho d’água, einh?

leave a comment »

Imagine que haja uma escola terapêutica que ensine que o médico não deva prestar muita atenção às doenças em si, mas aos seus sintomas. Pouco importa que aquela sua sequência de vômitos seja originária de um tumor , de um infecção bacteriana ou de uma hérnia de hiato: se os sintomas são vômitos recorrentes há uma semana então a forma de tratá-los é por suposto a mesma.

Imagine que o tratamento indicado para conter suas crises de vômito causadas sabe lá por que seja uma dose diária de algum emético (droga que faz vomitar) diluida em muita água.

Imagine que o farmacêutico encarregado de fabricar este medicamento se limite a colocar uma gotinha do emético em uma garrafa de 1 litro cheia de água e dê umas saculejadas na garrafa e que depois disso pegue um copinho de plástico contendo a água da primeira garrafa e coloque o conteúdo em uma nova garrafa com mais água pura, dando uns sacolejos nela novamente. Imagine que após 3 ou 5 repetições deste processo o farmacêutico adicione cerca de 20 ml de álcool puro na última garrafa de água, antes de dividir o conteúdo em frasquinhos.

Imagine que na botica deste farmacêutico o remédio para fazer vomitar e o para parar de vomitar e o para fazer evacuar e o para segurar o intestino quando submetidos a análises laboratoriais tenham todos exatamente a mesma composição química e quando submetidos ao nariz nú tenham o mesmo cheirinho de água da bica com um pouquinho de álcool.

Imagine se esta bodega toda deve ser levada a sério.

Agora dê um oi para a homeopatia.

Anúncios

Written by Daniel

maio 25, 2011 às 5:24 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: