Cabeção de Nego

Maranata, ora vem Senhora Guðmundsdóttir!

leave a comment »

Na tradição mitológica evangélica Maranata é uma espécie de palavra mágica, como o Saravá, o Namastê e o Ave Maria de outras religiões. Supostamente oriunda do Aramaico, uma língua antiga da qual a língua hebraica é filha, a palavra significaria “vem, senhor” e é usada quando os protestantes desejam explicitar sua crença naquela historinha de que Jesus Cristo, uma das três variantes assumidas pelo deus Jeová, aparecerá qualquer dia destes nas nuvens, para condenar-nos (aos vís pecadores) ao Inferno e carregá-los (aos crentes) ao Quinto dos Paraísos.

Óbvio que eu não estou esperando a visita de nenhum deus riponga e cabeludão judeu. Mas esperava sim, ansiosamente, o retorno da Deusa.

E eis que ela aparece, não entre as nuvens, mas entre as constelações, e digna de toda honra e toda a glória: Björk estreou semana passada o site de seu novo álbum, é o penúltimo passo para o aparecimento do naturalmente esperado Biophilia. O primeiro disco de Björk Guðmundsdóttir que já virá devidamente laureado com um Prêmio Nobel de Música (oficialmente Prêmio Polar): título concedido pela Coroa Sueca à melhor islandesa do mundo, em 2010.

Deusa Björk já anunciou a sua volta, já podemos vê-la, e mal conseguimos esperar para que elas nos salve de novo, como já nos tem salvado há algum tempo, da heresia da mesmísse e do pecado da mediocridade.

Maranata!


Links relacionados
Ponto Alternativo

Anúncios

Written by Daniel

maio 15, 2011 às 11:06 pm

Publicado em Religião, Rock and Roll

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: